Klein cobra documento oficial sobre dificuldades em aquisição de Remédio

Vereador cobra informação “concreta” sobre interrupção do fornecimento de remédio por laboratórios a Farmácia Municipal_

Naviraí Imprimir
Quarta-Feira, 29 de Março de 2017 - 19h51

O vereador Antônio Carlos Klein, líder da bancada do Partido Verde (PV) na Câmara Municipal de Naviraí, protocolou na secretaria do Poder Legislativo o requerimento, com pedido de informações, ao prefeito José Izauri de Macedo, com cópia para Clodomiro Nicacio Nascimento, gerente de Finanças da municipalidade e ao gerente de saúde Fábio Augusto Bonicontro. O vereador quer de um relatório informando quais são os fornecedores de medicamentos para a farmácia municipal, que estariam com entregas suspensas por falta de pagamento. “Precisamos saber para quem deve, quanto é essa divida e o que está sendo feito para salda-la” diz Klein.
O Vereador deu prazo para que o setor de saúde informe, e caso não ocorra, promete tomar medidas na esfera jurídica para obtenção dessas respostas. O Vereador ainda solicita informações sobre o quais fornecedores foram pagos em 2017.
JUSTIFICATIVA
Antônio Carlos Klein disse que “é do conhecimento de todos que a Farmácia Municipal (farmacinha) não tem medicamentos para atendimento da população. A administração informa que não tem os produtos porque os fornecedores não foram pagos pela administração anterior e que por isso não estão fazendo a entrega de medicamentos, que são necessários para o atendimento do povo de Naviraí que depende dos remédios da Farmácia, e que estão sendo feitos acordos para que os fornecedores voltem a entregar os medicamentos. No entanto, muito se fala quanto a tais dividas, mas não foram até agora, decorridos praticamente noventa dias do ano de 2.017 restabelecidos a regularidade do fornecimento de remédios, e, enquanto isso a população que depende dessa ajuda doo poder público continua desassistida”, afirmou o vereador e líder do Partido Verde (PV) na Câmara Municipal de Naviraí.
Doutor Klein também afirmou que “se faz necessário, portanto, para a transparência da administração municipal e para que a população seja informada com documentos do que acontece, que seja apresentada a relação dos fornecedores, seus créditos e os pagamentos já efetuados ou não, inclusive, se faz necessário que tal situação seja informada por documentos para que seja apurada a eventual improbidade dos gestores responsáveis”, explicou o vereador proponente.

Fonte: Da Redação/Portal do MS

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br