Estado e municípios amargam queda de R$ 72 milhões em repasses

Economia Imprimir
Quinta-Feira, 30 de Março de 2017 - 07h30

O valor da transferência do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para Mato Grosso do Sul caiu R$ 72 milhões em março, quando comparado com o total repassado em fevereiro deste ano. A diminuição do repasse pode gerar desequilíbrio nas contas públicas e impacta no investimento em setores como saúde e educação.

De acordo com relatórios da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a terceira cota de março do FPM será creditada hoje na conta das prefeituras, com montante total líquido de R$ 24,048 milhões. Somada às outras duas parcelas já depositadas no mês – R$ 27,819 milhões e R$ 5,627 milhões -, o valor chega a R$ 57,495 milhões. O repasse é R$ 32,811 milhões menor que a transferência realizada em fevereiro, de R$ 90,306 milhões, o que corresponde a uma queda de 36,33%.

No caso específico de Campo Grande, o desfalque nos cofres de um mês ao outro é de R$ 1,677 milhões. O montante de FPM recebido pela Capital em fevereiro foi de R$ 4,616 milhões, ao passo que, com a última cota de março a ser depositada hoje, de R$ 1,229 milhão, a soma do mês fecha em R$ 2,938 milhões.

Fonte: Correio do Estado

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br