Aeroporto de Dourados poderá receber grandes aeronaves a partir de Junho

Região Imprimir
Quinta-Feira, 13 de Abril de 2017 - 11h35

Os cancelamentos de voos por condições meteorológicas desfavoráveis no Aeroporto Regional de Dourados Francisco de Matos Pereira podem diminuir até 90% a partir de maio. A melhoria acontece devido a ampliação da operação por instrumento das aeronaves da unidade, o que foi anunciado pelo Serviço de Informação Aeronáutica recentemente. A medida começa a valer a partir de 25 de maio.

Conforme explica a direção, o Aeroporto opera por carta de aproximação desde 2012, mas somente para aeronaves da categoria “2” ocorria a operação por instrumento, sendo que para as aeronaves da categoria “3” – onde enquadra-se os aviões comerciais modelo ATR-72 que servem o município e outros – havia a operação visual.

Com a alteração, as aeronaves da categoria “3” passarão a operar por instrumento a partir do dia 25 de maio.

Dentro desta categoria estão aeronaves de grande porte e estas poderão realizar o procedimento com mínimo de operação de 700 pés teto (cerca de 215m).

De acordo com o diretor do Aeroporto, Juliano Domingos, a alteração representa uma significativa melhoria, já que atualmente estas aeronaves ficavam de certa forma ‘limitadas’.

“Para se notar a diferença, hoje essas aeronaves categoria 3 só são permitidas a operarem em condições de teto de 1500 pés (cerca de 460m) e com a mudança será 700 pés. Os cancelamentos por condições meteorológicas desfavoráveis diminuirão bastante em nosso aeroporto, vale citar que não acabarão de vez, já que um mínimo de condições são necessárias para uma operação com segurança, mas podem sim diminuir em média 90%”, citou.

Com esse tipo de operação, a Azul Linhas Aéreas, única empresa que atua na cidade, estaria liberada para colocar a aeronave Embraer 195 para atuar em Dourados.

A divulgação do Sistema referente as cartas que serão disponibilizadas para o aeroporto de Dourados, podem ser analisadas neste link.

Os cancelamentos constantes

Conforme mostrado pelo Dourados News por diversas vezes, a Azul Linhas Aéreas suspendeu por diversas vezes a opção de voo na madrugada para São Paulo durante o inverno na cidade, com a alegação da baixa visibilidade por conta de nevoeiros no período.

Em 2016, a Passaredo Linhas Aéreas também optou pela suspensão das viagens do horário da madrugada com a mesma justificativa veja aqui.

Atualmente a cidade não conta com voos noturnos.

Revitalização

Projetos de engenharia e arquitetura para a revitalização completa do Aeroporto Regional de Dourados -Francisco de Matos Pereira estão em fase de desenvolvimento por técnicos contratados pelo Banco do Brasil, com previsão de que as obras comecem em junho.

A revitalização do aeroporto de Dourados foi inserida pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2017.

O orçamento da obra é de previsto em R$ 49 milhões, sendo que R$ 15 milhões devem ser aplicados em 2017, outros R$ 15 milhões serão aplicados em 2018 e os R$ 19 milhões restantes serão direcionados em 2019, quando a construção deve ser concluída.

Após os investimentos de R$ 49 milhões, o aeroporto de Dourados terá um moderno terminal de passageiros com 2.160m2, a pista será aumentada para 2.280 metros por 45 metros de largura, terá novo pátio com quatro posições para aeronaves, nova seção de combate a incêndio de 360m2, nova iluminação noturna, sinalização de pista e um centro de operação e navegação aérea, permitindo a qualquer aeronave que hoje opera voos domésticos no Brasil ter totais condições de pouso e decolagem em Dourados.

Fonte: Douradosnews

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br