Empresário é preso pela PMA por caçar paca com espingarda ilegal

Polícia Imprimir
Domingo, 18 de Junho de 2017 - 11h16

De acordo com a PMA (Polícia Militar Ambiental), o caso aconteceu em um rancho pertencente ao infrator e localizado às margens do rio Sucuriú. A situação foi descoberta pela equipe durante fiscalização na região.

No momento do flagrante, estava acontecendo uma confraternização e no alpendre foram localizados dois pedaços de carne de animal silvestre, sendo um com marca de tiro de arma de fogo. O empresário confessou que se tratava de uma paca, que ele mesmo havia abatido com uso de uma espingarda.

Foi pedido que a arma fosse apresentada e o homem a retirou de uma mata onde estava escondida, sendo ela uma espingarda calibre 28, que não possuía documentação e foi apreendida, bem como a carne do animal abatido.

O empresário, que mora em Costa Rica, recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à DP (Delegacia de Polícia Civil) de Costa Rica, onde ele foi autuado em flagrante por caça ilegal e posse ilegal de arma.

Foi arbitrada fiança de um salário mínimo, paga pelo empresário, que foi liberado em seguida. Além disso, ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 500 pelo abate do animal.

Fonte: Redação

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br