Zagueiro que fraturou no nariz no Acreano Sub-20 chorou ao ver foto: “Me assustei”

Esporte Imprimir
Terça-Feira, 27 de Junho de 2017 - 16h20

Uma semana após fraturar o nariz durante o jogo entre Adesg x Atlético-AC, pelo Campeonato Acreano de Futebol Sub-20, o zagueiro Alexandre Lima, 19 anos, da Adesg, falou pela primeira vez ao GloboEsporte.com sobre a reação que teve ao ver a imagem do seu rosto registrada pela lente do fotógrafo Manoel Façanha, ainda na Arena da Floresta, em Rio Branco, local onde foi realizado o confronto, e sobre o lance que vai o deixar afastado dos gramados por, pelo menos, 30 dias.

Alexandre, que tem no futebol o meio de sobrevivência, diz que só viu a foto na quarta-feira (21), dia seguinte ao duelo, que terminou com vitória do Atlético-AC por 1 a 0. E a reação, segundo ele, foi estranha. Um misto de susto e choro.

- Abri meu Facebook e a vi de cara. Meu amigo mandou também. Quando vi me assustei, estava outra pessoa. Não imaginei que tinha acontecido tudo aquilo, pelo fato de que fui consciente para o hospital, cheguei lá consciente, não desmaiei em nenhum momento. A médica no outro dia falou para mim que foi feio demais, que achava que não ia conseguir pôr no lugar, talvez ia precisar fazer cirurgia, mas graças a Deus, deu tudo certo e estou só recuperando. O nariz vai ficar um pouco torto, mas graças a Deus, está tudo tranquilo. Mas me assustei, porque estava muito feio. Estava outra pessoa. Tive uma reação muito estranha, comecei a chorar. Mas estou bem melhor, graças a Deus – conta.

O atleta já está em casa em recuperação e considera o ocorrido um acidente de trabalho, isentando o lateral-esquerdo Rodrigo, colega de equipe que lhe acertou o chute no rosto, de qualquer culpa.

- A médica falou que é pra ficar 30 dias, parado, e depois posso voltar aos poucos. Creio que foi um acidente. Ele estava disputando a bola, que já tinha passado, perdeu o lance, acompanhou a jogada e só me lembro a hora que meto a cabeça e tiro a bola, aí ele se assusta e chuta. Só lembro mais disso. Foi acidente, queira ou não ele quis meter o pé para tirar a bola e poder ajudar nossa equipe. Isso acontece – conclui.

Sem o Alexandre em campo, a Adesg venceu o Vasco-AC no último sábado (24), por 2 a 0, na Arena da Floresta, na capital do Acre, pela segunda rodada do Acreano Sub-20. O time do município de Senador Guiomard, a 24 km de Rio Branco, está na segunda posição no grupo A, empatado com o São Francisco, com três pontos, e volta a campo na próxima terça-feira (4), para encarar o Galvez, no fechamento da terceira rodada. O Rio Branco lidera a chave com seis pontos em dois jogos.

Fonte: Globo

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br