PMDB troca Fogaça por Marun para salvar mandato de Temer

Política Imprimir
Sábado, 08 de Julho de 2017 - 12h18

A vitória do presidente Michel Temer (PMDB) na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados já é dada como certa pelos governistas.

Ao ser alçado ontem ao cargo de titular na comissão, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) declarou que o presidente já possui 35 votos favoráveis nesta primeira etapa da votação, da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR).

“Nas minhas contas já passamos de 35 votos e podemos chegar a 40”, comemorou.

Para obter uma margem segura de apoio (Temer precisa de, no mínimo, 34 votos dos 66), o governo precisou articular com partidos da base aliada a substituição de parlamentares indecisos.

“Não sei dizer quais são as outras trocas, mas vejo partidos se movimentando para ter parlamentares com membros representando a bancada”, afirmou Marun depois de ser indagado sobre as outras mudanças na CCJ.

Além do PMDB, que trocou o deputado José Fogaça (RS) pelo sul-mato-grossense Marun, o PSD também já pediu uma alteração: indicou o deputado Evandro Roman (PSD-PR) no lugar do deputado Expedito Netto (PSD-RO).

Fonte: Portal Correio/ Estado

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br