Piloto morre e empresário de MS sobrevive a acidente aéreo em MT

Dono de empresas em Ponta Porã, Diógenes de Aquino, foi socorrido e está no Hospital Regional de Rondonópolis

Acidente Imprimir
Quinta-Feira, 20 de Julho de 2017 - 15h05

O empresário de Ponta Porã, Diógenes Toesca de Aquino, de 57 anos, sobreviveu a um acidente aéreo no início da manhã desta quinta-feira (20) na área rural de Rondonópolis, interior do Mato Grosso. Marcio Molas Martins, o piloto da aeronave que pertence a Aquino, morreu.

De acordo com o Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), o acidente aconteceu às 7h09, no horário do Mato Grosso, na fazenda Santa Edwiges, em Rondonópolis.

O monomotor modelo Cirrus SR20 caiu durante a decolagem, ainda segundo informações do serviço de investigação da Força Aérea. O destino era fazenda Santa Mônica, localizada na cidade de Barão de Melgaço, também no interior do Estado vizinho.

O piloto de outra aeronave que estava estacionada em local próximo ao do acidente prestou os primeiros socorros às vítimas.

Conforme apurou o site MS em Foco, piloto e passageiro foram levados com vida para o Hospital Regional de Rondonópolis, mas Marcio Martins não sobrevivem.

O estado de saúde de Diógenes é considerado grave. Ele está sendo operado no hospital.

Mais detalhes – O empresário é sócio-proprietário da Ciarama Isumos e do posto de combustíveis Marambaia, empreendimentos localizados em Ponta Porã – a 323 km de Campo Grande. Ele é sócio de outras empresas na cidade e também em Dourados.

Uma aeronave deste mesmo modelo e fabricada em 2006 é vendida na internet por U$ 280 mil – cerca de R$ 880 mil.

Técnicos do Cenipa devem chegar nesta sexta-feira (21) ao local do acidente para investigar as causas da queda.

Fonte: MS em Foco

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br