Projeto de Fabiano Taquara colocará peixada da Seleta no calendário oficial de Naviraí

Naviraí Imprimir
Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 - 12h02

Projeto de autoria do vereador Fabiano Taquara (PROS), oficializará a da peixada da Seleta, realizada em 2017 pelo quinto ano consecutivo, no calendário oficial do município de Naviraí. O projeto foi apresentado na última terça-feira e deve ser aprovado possivelmente na próxima sessão.

Na justificativa o vereador lembrou que a promoção da entidade teve a primeira edição em setembro de 2013 – inicialmente programada como uma evento normal da entidade, que reúne entre 500 e 600 pessoas em seus almoços, porém já no primeiro ano a procura foi grande, sendo comercializados 1 mil camisetas/convites. A partir das edições seguintes, com a enorme aceitação da Peixada, o numero de participantes passou para 1.200, que somados ao pessoal da estrutura e patrocinadores, tem servido uma média de 1.500 pessoas a cada promoção.

Com o crescimento, a festa passou a ser realizada não apenas nas dependências internas da SSCH, mas também em uma estrutura externa montada com tendas, para atender todos os participantes, bem acomodados e, ao mesmo tempo. A partir da primeira edição a peixada passou a ser realizada no mês de Novembro, sendo que a organização da entidade é elogiada pelo publico local e também por visitantes que vem de outras cidades para participar da festa.

A peixada deste ano será realizada no dia 19 de Novembro. Mais uma vez deverão ser colocados a venda 1.200 camisetas. A renda das promoções da Seleta são utilizadas na manutenção dos projetos sociais mantidos na própria sede, como de qualificação de mão de obras e voltados a prática do esporte, através da artes marciais com participação de cerca de 200 crianças e jovens.

HISTÓRICO

A Seleta – Sociedade caritativa e Humanitária – é entidade sem fins lucrativos, com reconhecido trabalho na área social do município. A história começou há mais de 30 anos, com a grande carência da época que era ajuda para as famílias pobres da região do Varjão.
Com uma escola – Vinicius de Morais – auxiliada por mais de 10 anos, com materiais e alimentação aos alunos.
Em outras fases, com as instituições públicas assumindo esse papel de uma educação ampla, a Seleta passou a agir em outro foco, atendendo a carência da população com capacitação de mão de obra, tanto para o mercado de trabalho como para subsistência do público atendido.
Por mais de 10 anos, investiu o resultado de suas promoções em Escola de Corte Costura e Informática. Nela passaram mais de 1.500 trabalhadores.
Atualmente essa demanda é atendida pelo Sistema S.
De um ano para cá entidade está atendendo outra carência, séria e grave na sociedade, que é o amparo aos jovens e adolescentes. Muitos, expostos aos riscos das drogas e da violência em geral. Isso atualmente é feito com um importante projeto esportivo, nas artes marciais – atendendo crianças dos 10 até adultos.
Hoje são cerca de 200 alunos entre as Modalidades de Judô, karatê e Jiu Jitsu.

Fonte: Redação Portal do MS

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br