Guarda municipal é morto a tiros em bar e suspeito preso horas depois

Polícia Imprimir
Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 - 14h49

O guarda municipal Carlos Henrique Freitas Silva, de 38 anos, foi morto a tiros por volta de 5h desta quinta-feira (21), em um bar, localizado na esquina das ruas Sete de Setembro e Duque de Caxias, no bairro Popular Velha, parte alta de Corumbá, distante 419 km de Campo Grande.

Suspeito de cometer o homicídio, André Luis Lima Sigarini, de 37 anos, foi preso momentos depois pela Polícia Militar, com apoio da Guarda Municipal, na casa dele, no bairro Cristo Redentor.

Segundo a PM, ele admitiu que atirou contra o guarda e disse que havia jogado o revólver em uma avenida. Conforme informações do site Diário Corumbaense, os policiais foram até o local indicado pelo homem, mas não encontrou nada. Depois, ele acabou relatando que a arma estava em sua residência.

Na casa, os militares encontraram o revólver calibre 38, em cima de um guarda-roupa. Três munições estavam intactas. André está preso na delegacia de Polícia Civil, que vai apurar agora o que motivou o assassinato. O carro dele, um Fiat Uno branco, também foi apreendido.

Carlos Henrique já trabalhou no setor de trânsito e estava na Guarda Municipal havia desde 2004. A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com a Guarda, que não soube informar o que motivou o crime. Também foi tentando contato com a Polícia Civil, mas as ligações não foram atendidas até o fechamento deste texto.

Fonte: Diario Corumbaense

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br