MS registra aumento de 20% na criação de cooperativas

Economia Imprimir
Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017 - 00h04

Um dos fatores analisados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domícilios (PNAD) nesta quarta-feira (18), apontou que a região brasileira que obteve maior crescimento no número de associações e cooperativas foi o Centro-Oeste, com quase 1%.

O período analisado entre os anos de 2012 e 2016 destaca ainda que diminuiu o número de autônomos que preferem trabalhar em grupos organizados.

Em Mato Grosso do Sul, no entanto, a avaliação foi positiva, visto que houve um aumento de quase 20% no número de categorias profissionais que se associaram a cooperativas de trabalho ou produção, nos últimos cinco anos.

TRABALHO EM EQUIPE

De acordo com a diretora-presidente da Cooperativa de Trabalho em Desenvolvimento Rural e Agronegócio (Coopaer), Laura Fanhani Zanatta, o resultado apontado pela pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reforça que as categorias profissionais compreenderam as vantagens do trabalho cooperado.

“Os profissionais liberais estão aprendendo a trabalhar juntos em regime de gestão compartilhada. Ou seja, os custos operacionais serão menores, pois, serão divididos entre os cooperados, assim como as decisões que são tomadas em conjunto”, detalha a dirigente.

Outro dado divulgado no PNAD que comprova a afirmação da diretora da Copaer é o aumento no número de cidadãos trabalhando por conta própria: 11,3%, aumentando de 24 para 26,8 milhões. “Independente da categoria, é importante compreender que quando se trabalha de forma cooperada ou em associação, consegue-se maior poder de barganha, na compra e venda de produtos ou serviços”, conclui.

Fonte: Portal Correio/ Estado

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br