Azambuja começa a mudar equipe e quem for candidato terá de sair

Estado Imprimir
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017 - 07h44

A reforma administrativa do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) começou a tomar forma nesta semana.

O pontapé inicial foram as nomeações do ex-secretário estadual de Fazenda, Márcio Monteiro, e do ex-deputado estadual Flavio Kayatt, ambos do PSDB, como conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS). Até dezembro, segundo o governador, mais mudanças devem acontecer.

“Quem for ser candidato vai ter que, lógico, deixar o governo e a gente quer que isso aconteça este ano, até o mês de dezembro”, afirmou Azambuja.

O objetivo, segundo ele, é iniciar o ano de 2018 com a nova equipe definida, “cada um em seu lugar”. “Nosso interesse é continuar cuidando daquilo que é o mais importante para nós, que é o interesse da população de Mato Grosso do Sul e as entregas que precisamos continuar fazendo a todo o Estado”, afirmou.

Fonte: Portal Correio do Estado

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br