Depois do PMDB, PTB fecha questão por reforma da Previdência

Geral Imprimir
Quarta-Feira, 06 de Dezembro de 2017 - 18h06

O presidente nacional do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson (RJ), anunciou na tarde desta quarta-feira que o partido fechou questão e vai votar integralmente a favor da reforma da Previdência. A legenda, que comanda o Ministério do Trabalho no governo de Michel Temer (PMDB), tem atualmente dezesseis deputados e é a segunda que determinará aos seus parlamentares como votar sobre a mudança das aposentadorias.

A primeira foi o próprio PMDB, de Temer, que acertou a posição em reunião da bancada na terça-feira, apesar de ainda não a ter anunciado oficialmente. Com os sessenta peemedebistas, seriam agora 76 parlamentares obrigados, ao menos em tese, a apoiar a aprovação da medida.

A partir do momento que partidos fecham questão sobre um tema, podem punir os deputados divergentes, com medidas que vão de uma advertência até a expulsão. O governo precisa de, no mínimo, 308 votos para garantir a aprovação.

Em nota divulgada, Roberto Jefferson afirmou que “o PTB compreende que a reforma da Previdência é primordial para a retomada do crescimento do Brasil” e destaca que a medida “coloca fim a alguns privilégios da elite funcional federal” e representa a “opção prioritária pelos pobres e trabalhadores celetistas”. A decisão joga pressão sobre o PSDB que, com 46 deputados, é junto com o PP a terceira maior bancada da Câmara dos Deputados.

Fonte: Veja.com

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br