Carlos Coimbra deve substituir Nelson Tavares na Secretaria de Saúde

Geral Imprimir
Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017 - 07h04

O primeiro escalão do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) pode ter novas mudanças ainda em 2017. Oficialmente de férias, o titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Nelson Tavares (PSDB), deve deixar a pasta nos próximos dias.

Oficialmente, Tavares está de férias entre os dias 4 a 18 de dezembro, e deve retornar ao trabalho no próximo dia 19 de dezembro. Todavia, o secretário enfrenta um desgaste político à frente da secretaria.

Como o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está de desde ontem, terça-feira (5), em Brasília (DF) e só deve retornar à Capital, segundo sua assessoria, amanhã, quinta-feira (7), o anúncio oficial da mudança só deve ocorrer no fim desta semana.

Um dos nomes cotados para assumir a pasta é ex-diretor presidente do HCAA (Hospital de Câncer Alfredo Abrão), Carlos Coimbra, que atualmente é o gerente administrativo no Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian).

Recentemente, Tavares foi alvo do MPE-MS (Ministério Público Estadual), que abriu inquérito contra o secretário por eventual ‘ato de improbidade administrativa’. Conforme apuração do MP, o Governo do Estado deixou de repassar R$ 15,5 milhões à prefeitura de Campo Grande entre 2015 e 2016. O valor deveria ser usado no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de várias doenças, entre elas a dengue.

O governo se pronunciou sobre o caso, e explicou que SES investiu cerca de R$ 20 milhões oriundos do Estado no combate ao vetor da dengue, zika e chikungunya no ano de 2016, e que não cometeu irregularidades na aplicação dos recursos.

Fonte: Midiamax

© 2010-2017 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br