Plano A é aprovar reforma da Previdência, diz Marun rebatendo Maia

Política Imprimir
Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 - 16h44

BRASÍLIA – Numa resposta ao pessimismo de dirigentes da Câmara sobre a possibilidade de aprovação da reforma da Previdência, o ministro da secretaria de Governo, Carlos Marun, disse nesta quarta-feira que o “plano do governo é o plano A, de aprovar”. Ontem, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que não estava otimista com a votação da proposta em fevereiro. Em seguida, o vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), aliado do presidente Michel Temer, disse que não acredita na aprovação da proposta.

— O plano é A, A de aprovar. Tem que ser decidido em fevereiro. O plano A é A de aprovação — disse Marun, ao GLOBO.

O ministro disse que concorda com Rodrigo Maia quando o parlamentar afirma que essa questão tem que ser definida em fevereiro, de uma forma ou de outra. Marun disse que as notícias na base são mais positivas do que negativas.

— Se a Câmara aprovar em fevereiro, em março o Senado não vai faltar — disse ele.

O próprio presidente Michel Temer reagiu ao pessimismo de Maia. Em reunião com a bancada do Rio Grande do Norte na quarta-feira, Temer disse que a “reforma da Previdência é essencial”. Os estados também estão com problemas fiscais e rombo nos seus sistemas previdenciários, como o próprio Rio Grande do Norte. Esse foi o tema da reunião de ontem.

Temer espera que os governadores ajudem a convencer os parlamentares da necessidade de aprovação da reforma, em 19 de fevereiro.

Fonte: G1

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br