Carne paraguaia recebe certificação sanitária internacional

Economia Imprimir
Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018 - 07h16

Informação divulgada nesta quinta-feira (1º) pela Câmara Paraguaia da Carne (CPC) anima o comércio interno. O país recebeu a certificação sanitária do British Retail Consortium (BRC), que autoriza comercialização em outros países e continentes.

A notícia chega em um bom momento, com interesse sinalizado pelos Estados Unidos, Arábia Saudita, Hong Kong e Cingapura pelo produto.

O frigorífico Guarani foi o primeiro a receber a certificação e o presidente da CPC, Juan Carlos Pettengill, enfatizou durante entrevista a Rádio Nacional do Paraguai que esse tipo de certificação vai além da análise de perigos e controle crítico para refrigeradores.

“Todos os fornecedores são avaliados a cada seis meses. O processo de análise é longo, minucioso e leva tempo. Este tipo de certificação prova o alto nível de empresas de refrigeração paraguaias modernas e atualizadas, que não têm nada para invejar outras”, informa o representante da Câmara.

Sobre o que significa essa recertificação, Pettengill mencionou que “é uma cadeia de segurança alimentar e qualidade que o cliente e o consumidor final têm a certeza de que os produtos são totalmente adequado para o consumo”.

AGENDA

Neste domingo (3), técnicos árabes chegarão no Paraguai para realizar uma auditoria do Serviço Nacional de Saúde Animal (Senacsa) e das fábricas de refrigeração, para permitir que o Paraguai comercialize carne bovina para o Golfo, Emirados, Catar, Irã, Kuwait, entre outros países.

O representante da CPC acrescenta que com os Estados Unidos ainda não foi marcada uma data oficial para visita técnica e inspeção, mas, nas próximas semanas devem acontecer novidades.

Fonte: Portal Correio do Estado

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br