Operação da PRF flagrou mais de 4 mil motoristas acima da velocidade em rodovias do MS

Geral Imprimir
Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018 - 13h07

A Operação de Carnaval da PRF (Polícia Rodoviária Federal) termina às 23h59 desta quarta-feira (14), mas balanço parcial divulgado aponta mais de 6,4 mil veículos fiscalizados e mais de 4,4 mil flagrantes de excesso de velocidade, nos mais de 3.670 quilômetros de rodovias federais no Mato Grosso do Sul.

Levantamento parcial, de sexta-feira (09) até 00h de terça-feira (13), aponta um elevado número de motoristas flagrados embriagados.Dos mais de 4.269 motoristas que passaram pelo teste do bafômetro, 72 (setenta e dois) estavam sob efeito de álcool, destes 19 foram presos. O número de ultrapassagens proibidas flagradas foi de 309. Quatro acidentes graves (aqueles com pelo menos um ferido grave ou morto) foram registrados até ontem.

Nenhum acidente com morte foi registrado nas rodovias federais do Mato Grosso do Sul, entretanto pelo menos uma pessoa morreu após ser socorrida. Até o final da Operação Carnaval, a PRF está intensificando as fiscalizações nos horários e locais considerados mais críticos.

Ações de Educação para o Trânsito estão sendo feitas em todas Unidades Operacionais do Estado. No Cinema Rodoviário motoristas são convidados para uma sessão, onde recebem orientações sobre condutas e principais causas de acidentes. No feriado 3.563 motoristas participaram das ações educativas.

Em razão do período festivo, um maior número de motoristas devem passar por testes de bafômetro. O motorista sob efeito de álcool está sujeito a multa no valor de R$ 2.934,70, suspensão do direito de dirigir e prisão.

A Operação Carnaval é uma etapa da Operação Integrada Rodovida, iniciada no dia 22 de dezembro e terminará no dia 18 de fevereiro, abrangendo os períodos de maior fluxo nas rodovias federais do país: festas de final de ano, férias e carnaval.

Juntas, cinco causas são responsáveis por 68,2% dos acidentes ocorridos em 2017, conforme relatório divulgado pela PRF no mês de fevereiro. Entre as 5 principais causas presumíveis estão a falta de atenção, velocidade incompatível, sono, ingestão de álcool e desobediência à sinalização.

Com a Operação Carnaval da Polícia Rodoviária Federal continuando até a meia-noite de hoje, 14 de fevereiro, e com muitos dos motoristas ainda em deslocamento pelas rodovias federais no retorno para casa, é importante lembrar das dicas para uma viagem mais segura:

Planejamento da viagem – O motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo;

Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;

Previsão do tempo – Procurar se informar sobre as condições do tempo nos lugares por onde vai passar. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) disponibiliza gratuitamente informações sobre o clima no endereço www.inmet.gov.br;

Atenção redobrada – Observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Elas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

Descanso – Durma bem antes de qualquer viagem de automóvel. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura.

Cinto de segurança – Use sempre o cinto de segurança, este equipamento é obrigatório para todos os ocupantes do veículo. Em caso de emergência, ligue 191.

Fonte: Redação

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br