Reinaldo admite conversa com MDB e fala em "surpresas" no meio do ano

Política Imprimir
Quinta-Feira, 22 de Março de 2018 - 07h47

Sem se aprofundar publicamente na questão política, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, admitiu, nesta quarta-feira (dia 21), que o PSDB mantém conversas com o MDB e disse que, entre junho e julho, podem ocorrer “surpresas” em relação às candidaturas.

A resposta dele foi às perguntas sobre eventuais conversas e alianças para eleição de 2018. “O PSDB conversa sim com o MDB, mas acredito que junho ou julho poderemos ter surpresa nas candidaturas”, disse sem dar mais detalhes.

Ontem, o líder do MDB na Assembleia Legislativa de MS, deputado Eduardo Rocha, disse que uma aliança entre a legenda e o PSDB seria positiva para os candidatos a deputado estadual. Porém, reconheceu que a possibilidade seria difícil de ser efetivada, já que ambas siglas trabalham com candidaturas próprias.

Nacional – O governador também comentou sobre o anúncio da pré-candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à presidência da República. “Ele é uma pessoa qualificada e com experiência na vida pública e será importante para o momento que o País vive”.

Sobre seguir no Estado as mesmas alianças que forem firmadas nacionalmente, o chefe do Executivo disse que, embora haja relação entre as eleições para governador e presidente, normalmente são firmados acordos diferentes. “Os estados têm carta branca para compor suas alianças, que são diferentes das nacionais”.

Fonte: CG News

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br