‘Vovózona do crime’ é localizada e presa em Campo Grande

Polícia Imprimir
Quarta-Feira, 28 de Março de 2018 - 10h06

A mulher apontada pela Polícia Civil como a cabeça de uma quadrilha especializada em roubos de carros e sequestros foi presa, na tarde de terça-feira (27), pela Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos de Veículos (Defurv). Vera Lucia Ofmestre da Costa, conhecida como Vovózona do Crime, foi localizada pelos investigadores em uma residência no bairro Caiobá, em Campo Grande.

Segundo a delegada Aline Sinnott, da Defurv, o papel de Vera seria de ‘ponte’ entre os internos da Penitenciária de Segurança Máxima e os assaltantes em liberdade. Os ladrões tinham dívidas de drogas com os internos, que eram cobradas pela prestação de serviço ao roubarem os carros.

Vovózona estava sendo procurada pela Especializada desde o sequestro do casal Maria Eduarda Façanho e Eduardo Marques Rocha, no dia 17 de fevereiro, quando os noivos foram mantidos reféns em um crime arquitetado supostamente por Vera Lucia.

Para cometer crimes, utilizavam um Uno e um Celta, e depois levavam os veículos roubados até a Bolívia. Com as nove prisões, a delegada afirma que os roubos de veículos na Capital já reduziram. Quatro veículos roubados pelo grupo já foram recuperados.

A ‘vovózona’ tem quatro passagens pela polícia, pelos crimes de roubo e tráfico de drogas, e chegou a ser presa em 2016. “Ela é uma pessoa bastante articuladora, agora aguardamos mais informações e até mais vítimas desse grupo, depois da divulgação das fotos dela”, disse a delegada.

Fonte: Topmidianews

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br