De tornozeleira, mulher chefiava quadrilha de traficantes, diz polícia

Polícia Imprimir
Sexta-Feira, 30 de Março de 2018 - 09h27

Monitorada por tornozeleira eletrônica, Jucileide Laura Afonso da Silva, 38 anos, é apontada como “cabeça” de um esquema de tráfico de drogas em Campo Grande. O crime ainda contava com uma empregada doméstica, que revendia maconha quando o patrão saía, e uma adolescente de 17 anos.

O Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestro) recebeu denúncia de tráfico de drogas no Jardim Autonomista. No local, foi presa Roseneide Machado da Silva, 40 anos, que tinha 434 gramas de maconha.

A acusação é que ela vendia droga quando o patrão saía de casa. Questionada sobre a origem da droga, ela indicou a casa de uma adolescente de 17 anos no Jardim Campo Nobre.

Neste segundo endereço, foram encontrados 16,4 quilos de maconha. A adolescente, que já tinha passagem por tráfico, foi apreendida. No local, foi presa Cléria Mari Souza de Lima, 39 anos.

Ela disse que Jucileide e o marido mandaram ela buscar a droga, por isso estava na casa da adolescente. Jucileide foi presa com 160 gramas de cocaína. O caso foi registrado na Depac Piratininga (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Fonte: CG News

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br