PM e trio de MS são presos com carga de munição para fuzil no Rio de Janeiro

Geral Imprimir
Sábado, 07 de Abril de 2018 - 21h37

Um policial militar e três moradores de Mato Grosso do Sul foram presos, em flagrante, com uma grande quantidade de munição para fuzis (calibre 5,56 mm) por agentes da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos da Polícia Civil (Desarme) e policiais rodoviários federais no Rio de Janeiro. O material era fornecido a facções e seria distribuído em favelas cariocas.

De acordo com informações do site Porã News, Cleverson Neves Pessoa, conhecido como Clevinho, 30 anos, e Claudecir Queiroz Brito, conhecido como Mato Grosso, 27, foram capturados quando estavam em um quiosque na Avenida Atlântica, na Praia de Copacabana. Já as prisões de Marciano Ferreira Gusmão, conhecido por Pokemon (24), e o policial militar Gláucio Gomes Martins, 30 anos, ocorreram na região de Cordovil, Zona Norte do Rio, quando o carregamento de milhares de munições de fuzis era entregue ao PM que seria o responsável por distribuir o material.

Segundo informações policiais, Gláucio conduzia um veículo Toyota Corolla com registro de roubo e placas clonadas. Durante abordagem ao veículo VW Santana, conduzido por Marciano Ferreira Gusmão, foram encontradas as munições, escondidas no assoalho. O carregamento foi descoberto com a utilização de aparelhos de raio–X e de cães da Polícia Rodoviária Federal. Os três veículos encontrados com os acusados foram apreendidos e ainda passam por vistoria.

Conforme apurado pela polícia, Cleverson, Claudecir e Marciano são naturais da cidade de Mundo Novo e seriam os responsáveis por toda a logística de transporte das munições do Mato Grosso do Sul para o Rio de Janeiro. O trio tem antecedentes criminais por diversos crimes, como tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo majorado, receptação e contrabando.

Fonte: Portal Correio do Estado

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados - Portal do MS - contato@portaldoms.com.br