Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020

Bolsonaro desiste de nomear Ramagem para assumir Polícia Federal


O presidente acatou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal
Crédito: Reprodução/TV Globo

O decreto que nomeou o delegado Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal, foi considerado sem efeito, na tarde desta quarta-feira (29). A reversão do ato foi publicada em edição extra do "Diário Oficial da União".

De acordo com o G1, o texto atende a uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que suspendeu nesta quarta a indicação de Ramagem e apontou possível desvio de finalidade na decisão de Jair Bolsonaro.

A Advocacia-Geral da União (AGU) disse que não vai recorrer da decisão. Com isso, o governo desistiu de empossar Ramagem e procura outro nome para a direção-geral da PF.


Fonte: G1