Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

Policiais da fronteira descobrem esquema de agiotagem contra comerciantes em MS


Durante a operação, seis colombianos foram levados para a sede da Defron e indiciados pela prática de crime contra a economia popular.
Agentes apreenderam telefones e dinheiro em uma casa em Dourados. (DIvulgação).

Policiais civis da Defron (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira) , cumpriram três mandados de busca e apreensão de suspeitos ligados a esquema de empréstimos ilegais de dinheiro a comerciantes em Dourados. A operação aconteceu neste final de semana em Dourados.

Após informações dando conta de um esquema de agiotagem em que indivíduos de nacionalidade colombiana estariam emprestando dinheiro a juros exorbitantes e empregando graves ameaças durante a cobrança a comerciantes, os policiais conseguiram chegar até duas pessoas, de 24 anos, que são moradores no Jardim Clímax.

Segundo a polícia, na casa dos dois suspeitos  foram encontrados cadernos com anotações de controle de empréstimos e respectivos recebimentos, cartões de publicidade e oferecimento de empréstimos com valores de juros iniciais de 20%, além diversos comprovantes de remessa de  dinheiro para a Colômbia. Com cada um eles foram aprendidos, respectivamente  R$ 3.697 e R$ 7.671, em dinheiro.

Durante as investigações, a Defron concluiu que com a ajuda de outros colombianos a quadrilha tinha foco em empréstimos para pequenos comerciantes que eram obrigados a pagar quantias exorbitantes de juros que eram cobrados por dia.

Durante as buscas os policiais descobriram até um aplicativo de celular que era utilizado para auxiliar nos registros de empréstimos e controle dos recebimentos dos valores.

Os investigadores descobriram também que o mesmo esquema vem sendo aplicado São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Ceará.

Ao todo seis colombianos que seriam membros da quadrilha foram levados para a sede da Defron e indiciados pela prática de crime contra a economia popular, a conhecida agiotagem.


Fonte: Midiamax