Sábado, 26 de Setembro de 2020

40 pessoas que tiveram contato com idosa morta por coronavírus estão em quarentena


Quarenta pessoas que tiveram contato com a idosa Cícera Aparecida, que morreu no último domingo (7) vítima do novo coronavírus, estão em quarentena no distrito de Quebra Coco, em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande.

A secretaria municipal de Sidrolândia rastreou e localizou 60 pessoas que nos últimos dias tiveram contato com a idosa. Do grupo localizado pela Saúde, 40 pessoas estão em quarentena domiciliar, entre elas, 8 foram testadas. 

Segundo informações do Região News, o irmão de Cícera, o Frei Júnior, pároco da Igreja Nossa Senhora da Abadia também fez o teste e no momento em que a equipe de saúde colhia os exames, ele estava com febre, um dos principais sintomas da Covid-19. 

Cícera foi contaminada por transmissão comunitária, pois não viajou para regiões de alta incidência da doença e não teve contato com quem estava doente. Com os sintomas, dois dias antes de morrer, a idosa foi ao posto de saúde do distrito onde havia mais de 20 pessoas.

Mesmo doente, no sábado (6) ela e outros familiares participaram da festa de aniversário de uma sobrinha. Ela também participou de uma festa de aniversário para a mãe, que tem mais de 80 anos. 

Cícera vendia roupas e circulava pelo distrito de casa em casa, oferecendo seus produtos. A prefeitura municipal vai tomar medidas como a instalação de barreira sanitária na entrada do distrito, além de medidas restritivas de aglomerações e circulação de pessoas, devem ser adotadas na próxima semana.


Fonte: Midiamax