Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

Em cidade de MS, 13% dos servidores da prefeitura são flagrados na lista do auxílio


Dos 624 funcionários listados no Portalda Transparência, 82 estão entre aprovados do auxílio emergencial
Servidores não poderiam receber auxílio do governo (Reprodução Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti)

Na prefeitura de Dois Irmãos do Buriti – cidade com cerca de 11 mil habitantes localizada a 116 quilômetros de Campo Grande – 13% dos servidores estão na lista do auxílio emergencial do Governo Federal. 

Entre comissionados e efetivos, são 82 funcionários da administração municipal que aparecem na relação de beneficiários dos recursos federais. Conforme o Portal da Transparência, o município possui 624 servidores.

Ao Jornal Midiamax, o prefeito de Dois Irmãos do Buriti, Edilsom Zandona de Souza (PSDB), declarou estar ciente da situação. “Fiquei sabendo essa semana. Já acionei o jurídico do município para vermos quais providências devemos tomar”, informou.

Ter o nome na lista não significa que essas pessoas, efetivamente, se cadastraram e receberam o auxílio emergencial. Esses valores são as parcelas já disponibilizadas na conta dos beneficiários, não sendo possível afirmar se foi sacado. 

Vale lembrar que as informações são todas oficiais, disponibilizadas pelo Portal da Transparência do Governo Federal, mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU). O Ministério da Cidadania é responsável pela gestão e base de dados do programa assistencial criado por causa da pandemia do novo coronavírus, que causa Covid-19.


Fonte: Midiamax