Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

Homem é preso por crime de Importunação Sexual


Homem é preso após mostrar órgão genital e apalpar nádegas de funcionária de supermercado

Foi preso na noite da última sexta-feira (26), um homem de 32 anos por importunação sexual, depois de mostrar o órgão genital a clientes de um supermercado, em Campo Grande, e passar a mão nas nádegas de uma funcionária do estabelecimento.

O fato aconteceu em um mercado na rua 13 de maio por volta das 18 horas da última sexta (26), quando o homem que estava bêbado passou a importunar os clientes que chegavam ao estabelecimento. Segundo uma funcionária, ele tentava entrar no local, mas acabou barrado pelos seguranças. O homem, então, teria urinado na mureta do mercado e em seguida passado a mostrar o órgão genital para quem chegasse ao local.

Uma funcionária que trabalha em serviços gerais no supermercado teve as nádegas apalpadas pelo autor, quando descia a rampa em direção ao interior do mercado. Seguranças foram acionados e detiveram o homem, que ainda tentou se esconder. A polícia foi chamada e o autor levado para a delegacia. Devido a embriaguez do homem não foi possível ouvi-lo em depoimento.

Importunação sexual é crime

O crime de importunação sexual é caracterizado pela realização de ato libidinoso na presença de alguém e sem sua anuência. O caso mais comum é o assédio sofrido por mulheres em meios de transporte coletivo, como ônibus e metrô. Antes, isso era considerado apenas uma contravenção penal, com pena de multa. Agora, quem praticá-lo poderá pegar de 1 a 5 anos de prisão.


Fonte: Midiamax