Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020

Motorista que morreu afogado em rio estava transportando contrabando de cigarros


(Foto: Rio Brilhante em Tempo Real)

Gildevan Pereira de Lucena que morreu afogado nesta quarta-feira (22) depois do carro em que ele estava cair no rio Vacaria, em Rio Brilhante a 158 quilômetros de Campo Grande estava transportando contrabando de cigarros.

O acidente aconteceu quando Gildevan atravessa uma ponte em cima do rio em uma estrada vicinal, que fica a 40 quilômetros do perímetro urbano da cidade. Ele teria perdido o controle da direção e o veículo Volkswagen Gol caiu no rio. O homem de 41 anos não conseguiu sair do carro e acabou morrendo afogado.

Depois que o carro foi guinchado descobriu-se que ele estava transportando contrabando de cigarros e essências de narguille, segundo o site Rio Brilhante em Tempo Real. O corpo da vítima foi retirado por bombeiros e levada para o Imol (Instituto de Medicina Legal) e a indícios de que ele estava indo em direção a Nova Alvorada quando o acidente aconteceu.


Fonte: Midiamax