Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020

Médico é afastado de hospital após ser preso e acusado de espancar namorada


Vítima postou as fotos dos hematomas nas redes sociais (Foto: Reprodução, Edição MS)

Nesta semana, foi afastado do Hospital Municipal de Rio Verde de Mato Grosso o médico de 41 anos, que atuava como diretor clínico. Ele foi preso na quarta-feira (19), acusado de agredir a namorada no último fim de semana naquele município, que fica a 194 quilômetros de Campo Grande.

A princípio, a jovem de 22 anos fez uma publicação nas redes sociais, com fotos dos hematomas e também do laudo médico por conta das agressões sofridas. A partir daí o caso foi revelado e o médico chegou a ser preso após a denúncia de violência doméstica.

Isso, porque apesar de não haver flagrante pela violência doméstica, foi encontrada com ele uma arma de fogo ilegal. No entanto, ele foi liberado após pagar fiança de R$ 3 mil. Ainda conforme o relato da vítima, divulgado no site Edição MS, ela sofreu vários ferimentos, inclusive teve o tímpano rompido por conta das pancadas.

Já o médico negou as agressões e ainda acusou a vítima de extorsão. A princípio, o casal estava morando junto há aproximadamente 4 meses. Agora o caso segue em investigação pela Polícia Civil e o hospital afastou o médico até que o caso seja esclarecido.


Fonte: Midiamax