Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020

Frente fria se afasta e semana volta a ter tempo extremamente seco


Nova frente fria, de menor intensidade, deve chegar ao Estado no próximo fim de semana

Frente fria que derrubou as temperaturas nos últimos dias em Mato Grosso do Sul deve se afastar durante a semana e o tempo volta a ficar extremamente seco, com umidade podendo a chegar a índices de 10%.  

A semana começa ainda começa com temperaturas baixas, com mínimas abaixo de 10°C. No entanto, as temperaturas entram em elevação ao longo do dia, com predomínio de sol entre poucas nuvens.

De acordo com o Centro de Monitoramento do Clima e do Tempo (Cemtec), há possibilidade de chuvas fracas, com baixos acumulados, entre segunda (23) e terça-feira (25), nas regiões sul, sudoeste, leste e bolsão.

Depois, a estiagem volta em todo o Estado, sem expectativa de chuva para, pelo menos, até o dia 3 de setembro.  

massa de ar frio se enfraquece aos poucos, com a finalização desse enfraquecimento na terça-feira (25), véspera do aniversário do Campo Grande.

A partir de então, predomina no Estado a chamada amplitude térmica, que é a variação entre a temperatura mínima e a máxima no mesmo dia, ou seja, ainda pode fazer frio nas noites e madrugadas, com muito calor durante a tarde.

O tempo volta a ficar seco, com índices de umidade podendo chegar a 10% durante a tarde, considerado estado de emergência e prejudicial à saúde.  

As máximas também voltam a ficar acima de 30°C, beirando os 40°C nos municípios da região do Pantanal.  

Em Campo Grande, mínima prevista é de 10°C com máxima de 36°c, sem previsão de chuva pelo menos até sexta-feira (28).

Possível queda de temperatura pode ocorrer entre os dias 28 e 30 de agosto, porém mais fraca. 

A forte massa de ar polar associada a frente fria que chegou ao Estado na última quinta-feira causou queda nas temperaturas, com mínima de 4°C e sensação térmica de mais frio. Segundo o Cemtec, este foi o maior frio do ano em Mato Grosso do Sul.


Fonte: Redação