Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020

Com 811novos habitantes, população de Naviraí ainda não chega aos 60 mil moradores


Em Mato Grosso do Sul, são 30,4 mil moradores a mais no período de um ano
Foto: Ilustrativa

Naviraí ganhou 811 novos habitantes no período de um ano, mas ainda não chegou na casa dos 60 mil moradores.

A população estimada da maior cidade do cone-sul é de 55.689 pessoas. Em 2019, número estimado era de 54 878 habitantes, o que representa aumento populacional de 1,12%.

Dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados hoje, em portaria do Diário Oficial da União, com data de referência em 1º de julho de 2020.

Com relação ao Mato Grosso do Sul, estado conta com uma população de 2.809.394 pessoas, 30.408 habitantes a mais do que no ano passado, quando população estimada era de  2.778.986.

Mato Grosso do Sul continua sendo o 21º estado mais populoso do País.

A segunda maior cidade em população do Estado é Dourados, com 225.494 habitantes atualmente, contra 222.949 do ano passado. Crescimento de 2.545 pessoas.

Completam os municípios com mais de 100 mil habitantes Três Lagoas, com 123.281 (+1.893) e Corumbá, com 112.058 (+623).

Cinco cidades do Estado têm menos de 5 mil habitantes, sendo Figueirão a menos populosa, com 3.059 moradores, oito a mais do que em 2019.  

Na sequência das menos populosas estão Taquarussu (3.588), Novo Horizonte do Sul (3.684), Jateí (4.021) e Rio Negro (4.793).

REGIÃO

Segundo o documento, a estimativa para Nova Andradina é de 55.224 habitantes em 2020. A projeção de 2019 apontava 54.374 pessoas no município, ou seja, teria havido um acréscimo de 850 moradores no intervalo de um ano.

Com relação à estimativa de 2020 para os demais municípios da região, Anaurilândia teria 9.076 habitantes; Angélica 10.932; Bataguassu 23.325; Batayporã 11.349; Ivinhema 23.232; Novo Horizonte do Sul 3.684 e Taquarussu 3.588 habitantes.

Na contramão, oito municípios perderam habitantes.  

Rochedo passou de 5.499 para 5.079 (-400); Coxim de 33.543 para 33.459 (-84); Guia Lopes da Laguna de 9.895 para 9.824 (-71); Pedro Gomes de 7.674 para 7621 (-53); Inocência de 7.610 para 7.588 (-22);  

Brasilândia de 11.872 para 11.853 (-19);  Fátima do Sul de 19.189 para 19.170 (-19) e Jateí de 4.027 para 4.021 (-6).

Taquarussu foi o único município que manteve a mesma população, com 3.588 habitantes tanto em 2019 quanto em 2020.

Entre outros objetivos, a nova estimativa será utilizada para o cálculo das cotas dos fundos de participação de Estados e municípios.

 

 


Fonte: Redação