Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020

Jovem de Três Lagoas passa a integrar time de basquete nos Estados Unidos


Jovem de 19 anos começou a carreira no time de uma escola municipal em Três Lagoas e agora vai fazer parte do time de basquete da Universidade do Kansas
Divulgação

Uma atleta sul-mato-grossense foi convidada para participar do time de basquete do Independence Community College (ICC), universidade pública comunitária localizada no Estado do Kansas, Estados Unidos.

Luana Kelly do Nascimento, de 19 anos, é natural de Três Lagoas e foi revelada em um projeto esportivo da Escola Municipal Parque São Carlos, pelo técnico Ronaldo Pires da Costa, 64 anos, que recebe bolsa de um programa do Governo do Estado.

“O convite veio oficialmente agora no mês de setembro. É uma visibilidade incrível, que qualquer garota da minha idade gostaria de receber. É uma oportunidade muito boa de mostrar minhas habilidades e de destacar o basquete feminino brasileiro nos Estados Unidos. Espero me consolidar por lá e fazer grandes jogos”, afirmou Luana.

A atleta vai passar a vestir o uniforme da Associação Nacional de Atletas Juniores Universitários (NJCAA) em janeiro de 2021, quando começará a temporada de jogos.  

Mas a jovem deve chegar ao país em dezembro, após a emissão do visto americano de estudante. “Não vejo a hora de me juntar à equipe”, admitiu.

A liga reúne milhares de desportistas de instituições que oferecem somente os dois primeiros anos de faculdade, as Junior Colleges, e tem expressiva visibilidade no país. A competição é tida como um pontapé inicial, principalmente para atletas bolsistas estrangeiros.

Carreira

Em 2014, Luana venceu o Campeonato Estadual Sub-15, representando a escola de Três Lagoas-MS, organizado pela Federação de Basketball de Mato Grosso do Sul (FBMS).  

Já em 2015 faturou o título dos Jogos Escolares de Mato Grosso do Sul (Jems), na categoria etária de 12 a 14 anos, competição realizada pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).  

Por ter sido campeã da fase estadual, a equipe de Luana levou, no mesmo ano, o nome de Mato Grosso do Sul aos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Fortaleza-CE.

Por seu destaque no Estado, em 2016 a sul-mato-grossense foi convidada a jogar no interior de São Paulo, pelo Tupã Basquete.

No Estado vizinho, atuou em competições da federação paulista nas categorias sub-15 e sub-17. Em 2019, transferiu-se para a equipe das Leoas da Serra, de Lages-SC, onde passou a integrar o plantel sub-19 e teve, até então, seu melhor ano em termos de desempenho técnico e físico.

“Me sinto muito orgulhoso de ver onde a Luana chegou, muito pelo seu esforço e dedicação diária. Muitos param no caminho, mas ela nunca desistiu, e isso é muito importante, porque também leva o nome da escola, da cidade e do Estado”, revelou Costa, que descobriu Luana.


Fonte: Correio do Estado