Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020

Preso após incendiar carro diz que recebeu R$ 500 do dono do veículo para atear fogo


Imagem ilustrativa

O comerciante de 51 anos preso nesta segunda-feira (5), em Campo Grande, no bairro Vila Bandeirante depois de colocar fogo em um veículo Citroen C4 Pallas afirmou em audiência de custódia nesta quarta-feira (7) que foi contratado pelo próprio dono do carro para colocar fogo.

Nesta quarta (7) será determinado pela Justiça pela sua prisão preventiva ou não. Ele contou que recebeu R$ 500 de um homem conhecido por ‘Nenê’, que seria dono do veículo, para atear fogo no carro. O autor contou que ainda recebeu um galão de 1 litro de gasolina para fazer o ‘serviço’.

A idosa que seria dona do carro contou que estava em casa quando por volta das 20 horas de segunda (5) ouviu barulhos vindo da rua e saiu para ver o que estava acontecendo quando se deparou com seu veículo Citroen C4 Pallas em chamas e vizinhos com o autor detido.

A polícia foi chamada e populares contaram que viram quando o homem estava carregando um galão com combustível jogando em cima do carro e ateando fogo. Ele tentou fugir, mas foi perseguido pelos moradores e detido até a chegada da polícia.

Para a polícia, o autor contou que receberia o valor de R$ 500 para colocar fogo no carro e a idosa disse que o mandante seria o ex-marido de sua nora e que o crime seria para atingir seu filho.

 


Fonte: Midiamax