Sábado, 05 de Dezembro de 2020

MS já soma 86.428 casos confirmados e tem 1.674 mortes


Mato Grosso do Sul já soma 86.428 casos confirmados de Covid-19, com 438 novos registros nesta quinta-feira (12). Foram registrados 29 novos óbitos, conforme o boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). O número alto de mortes aconteceu devido a um problema na plataforma de dados do Ministério da Saúde.

Como o sistema havia sido hackeado, municípios não conseguiram encerrar os dados sobre mortes causadas pelo coronavírus. Por três dias, o boletim epidemiológico da SES registrou zero óbitos, devido à falta de dados. Os dados desta quinta-feira (12) representam o acumulado dos dias em que o sistema ficou instável. “Os 29 óbitos por Covid-19 representam acumulado de sábado (7) a quarta-feira (11)”, explicou a secretária adjunta Christinne Maymone. 

Com bases nos números, a média móvel no Estado foi calculada em 401 casos por dia, nos últimos 7 dias. O boletim traz que foram registrados 21 novos óbitos, elevando o total de vítimas fatais em MS para 1.674 e a média móvel em 6,4 óbitos por dia, nos últimos 7 dias, além de taxa de letalidade de 1,9%. 

Os novos óbitos foram registrados nas seguintes cidades: Campo Grande (17), Corumbá (3), Ponta Porã (2), Rio Verde de Mato Grosso (2), Bonito (1), Coronel Sapucaia (1), Guia Lopes da Laguna (1), Porto Murtinho (1), Três Lagoas (1).

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 338.209 casos notificados, dos quais 248.469 foram descartados. Há 871 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 2.441 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos de hoje trazem Campo Grande à frente, com 216 novos casos, seguida por Dourados (54), Corumbá (30), dentre outros. Confira a tabela na galeria abaixo para mais detalhes e demais localidades.

Internações e taxas de ocupação de leitos

Dos 86.428 casos confirmados em MS, 80.966 já estão recuperados. Em relação às internações, MS tem 208 pacientes internados, além de um paciente de outro estado que não é contabilizado como confirmado de MS. Destes 106 estão em leitos clínicos (71 públicos e 35  privados) e 103 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 76 estão em leitos públicos e 27 em privados.


Fonte: Midiamax