Quinta-Feira, 03 de Dezembro de 2020

Trump demite diretor que reiterou que eleições nos EUA foram seguras


Presidente Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu nesta terça-feira (17) o diretor da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura, Chris Krebs. Ele liderava o comitê ligado ao governo americano que atestou que as eleições presidenciais de novembro ocorreram sem problemas.

"A recente declaração de Chris Krebs sobre segurança nas eleições de 2020 foi altamente imprecisa, porque houve irregularidades massivas e fraude", afirmou Trump nas redes sociais.

Em publicação no Twitter, Trump insistiu que houve uma série de irregularidades como votos de pessoas mortas, restrições de entrada a fiscais em locais de votação. Nenhuma dessas denúncias, porém, foi provada, e a rede social marcou a postagem.

O republicano tem se recusado a reconhecer o democrata Joe Biden como vencedor das eleições presidenciais americanas. Trump e seus advogados entraram na Justiça em diversos estados para reverter os resultados antes da certificação oficial e da votação dos delegados do Colégio Eleitoral.

Como de praxe, Biden foi declarado presidente eleito antes mesmo da votação no Colégio Eleitoral depois que institutos como a Associated Press, com base na apuração, projetaram vitória do democrata com ao menos 290 votos no Colégio Eleitoral, 20 a mais do que o necessário.

Essa projeção existe há muitas décadas nos Estados Unidos, e o próprio Trump se declarou vitorioso em 2016 com base nesses institutos.


Fonte: Globo