Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2021

Alta de importação de arroz em novembro decorre de cota com taxa zero


Governo implementou em setembro uma cota de 400 mil toneladas com tarifa zero até o fim do ano
Aumento no preço do alimento levou Governo a zerar a taxa de importação para o arroz - Valdenir Rezende

O subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Herlon Brandão, confirmou nesta terça-feira, 1º, que o aumento da importação de arroz em novembro decorre da cota com taxa zero implementada pelo governo devido à alta do preço do produto no País.

Houve aumento de 759,0% na importação de arroz com casca em novembro, com origem nos Estados Unidos. O governo implementou em setembro uma cota de 400 mil toneladas com tarifa zero até o fim do ano.

"É muito difícil prever se o preço do arroz vai cair no mercado interno. Depende de variáveis como a produção nacional, o aumento ou redução do consumo e a existência de estoques", respondeu Brandão.

Também houve salto de 2.397,2% na importação de soja em novembro, principalmente do Mercosul. "Não é o primeiro ano que o Brasil importa soja, isso acontece. Os nossos países vizinhos são grandes produtores", completou.

Nos dois casos, os altos porcentuais de aumento se devem à base de comparação muito baixa na importação desses grãos. 

A balança comercial brasileira registrou superávit US$ 3,732 bilhões em novembro. No ano até o penúltimo mês, o saldo positivo é de US$ 51,160 bilhões.


Fonte: Correio do Estado