Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021

Ano de 2020 tem recorde em apreensões de drogas no Mato Grosso do Sul


Segundo a Polícia Militar Rodoviária de 2019 para 2020 houve um aumento de 80%
Ano de 2020 tem recorde em apreensões de drogas em Mato Grosso do Sul - Divulgação

Mato Grosso do Sul bateu recorde em apreensões de drogas no ano de 2020. Segundo o levantamento feito pelo batalhão da Polícia Militar Rodoviária (PMR), em relação a 2019, o aumento foi de 80%. 

Ao todo foram apreendidas 161 toneladas de entorpecentes no estado, um número correspondente ao dobro do ano de 2019.

O prejuízo às organizações criminosas do tráfico de drogas é estimado em R$ 248 milhões.

Durante o ano passado, 498 pessoas foram conduzidas às delegacias de Mato Grosso do Sul e 700 veículos foram utilizados em contrabando e descaminho.  

De acordo com o Major da PMR, João Paulo Chink, o recorde se deve a diversos fatores que possibilitaram exito ao combate do tráfico no estado.  

"Primeiro o próprio planejamento e expertise da Polícia na lida contra o tráfico de drogas, integração com outros órgãos de segurança pública, a criação do Tático Ostensivo Rodovia de Mato Grosso do Sul, chamado TOR como nos moldes da Polícia Militar de São Paulo, e a participação na operação Hórus que é uma operação entre união e estado em prol da segurança pública do país. Além da fiscalização na produção do Paraguai", explicou Chink.  

Ainda conforme o Major, há uma grande expectativa para o ano de 2021. " É esperado que seja um ano de muitas apreensões já que os consumidores dos grandes centros continuarão a procura de droga para consumo e os traficantes ou outras organizações criminosas irão se arriscar para transportar a droga produzida no Paraguai até estes locais de grande demanda", pontuou.  


Fonte: Correio do Estado