Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021

Grupo armado com fuzis faz policial refém para tentar resgatar ‘Bonitão’ do PCC


'Bonitão' do PCC está preso no Paraguai (Foto: ABC Color)

Na madrugada deste domingo (10), investigador foi feito refém no Departamento de Investigações da Polícia Nacional do Paraguai, em Pedro Juan Caballero. Um grupo fortemente armado teria invadido o local para tentar resgatar Giovanni Barboza da Silva, chefe do PCC (Primeiro Comando da Capital) conhecido como ‘Bonitão’.

Conforme as primeiras informações, os homens armados invadiram a sede no início da madrugada, para tentar resgatar Bonitão, considerada liderança do PCC na fronteira. Giovanni é brasileiro e teria assumido posto de atual chefe da facção na região entre Ponta Porã e Paraguai. Ele foi preso na última semana.

Segundo testemunhas, os homens chegaram ao local em vários veículos, encapuzados e armados com fuzis. Os policiais conseguiram evitar o resgate e, segundo o site ABC Color, Giovanni deve ser transferido para Assunção.

 


Fonte: Midiamax