Domingo, 18 de Abril de 2021

MS é o Estado com a pior taxa de ocupação do país


Segundo dados da SES, Mato Grosso do Sul tem hoje 105,75% em leitos UTI-Covid com pacientes
- Governo de MS/Divulgação

A situação dos hospitais em Mato Grosso do Sul continua crítica. Segundo o portal Mais Saúde, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), a ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), destinada a pacientes infectados com a Covid-19, alcançou neste domingo a taxa de ocupação de 105,75%. 

De acordo com a Agência CNN, o Estado tem o pior índice entre  os estados brasileiros e o Distrito Federal. 

Ainda conforme o levantamento da agência, 17 estados brasileiros estão com mais de 90% de ocupação dos seus leitos de UTI. Levantamento realizado foi realizado junto às secretarias de saúde estaduais, atualizado na madrugada deste domingo (4).

Além de Mato Grosso do Sul, os Estados com mais de 90% das UTIs da rede pública ocupadas são: Paraná (96%), Santa Catarina (95,2%), Rio Grande do Sul (91,3%), São Paulo (91,4%), Minas Gerais (93,08%), Distrito Federal (98,27%), Goiás (97,96%), Mato Grosso (95,74%), Pernambuco (96%), Acre (94,3%), Rondônia (100%), Tocantins (93%) e Amapá (91,43%).

Já entre as unidades federativas que divulgam os dados da rede pública e privada de forma conjunta, estão com ocupação acima de 90% Rio Grande do Norte (92,64%), Ceará (92,15%) e Piauí (95,4%).

Toque de Recolher

Conforme o balanço divulgado pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Campo Grande, 223 estabelecimentos da Capital foram fiscalizados e seus donos orientados sobre o decreto do Governo que determina o fechamento às 16 horas dos locais.  

A operação de fiscalização do toque de recolher foi realizada nas sete regiões de Campo Grande: Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo.

Os agentes municipais receberam 264 ligações de denúncia, 126 sobre descumprimentos dos decretos, 24 sobre informações prestadas e 8 em relação ao desrespeito ao isolamento social.

Balanço

Nas últimas 24h, Mato Grosso do Sul confirmou mais 57 mortes por Covid-19. Com isso, o Estado já tem 4.481 óbitos desde o início da pandemia.

Já são 220.894 confirmações, sendo 1.037 nas últimas 24 horas. Em isolamento domiciliar encontram-se 14.049 doentes. Recuperados somam 201.098.  


Fonte: Correio do Estado