Terca-Feira, 18 de Maio de 2021

Em recorde, Mato Grosso do Sul confirma 87 óbitos nas últimas 24 horas


Falha no sistema de Três Lagoas resulta acumulado de mortes; taxa de letalidade sobe para 2,1%
Doença está em progressão geométrica e curva ascendente no Estado - Divulgação

Estado bate mais um recorde em número de óbitos, são 87 de ontem para hoje. O número expressivo se deve à uma instabilidade no sistema de Três Lagoas, que resultou em acumulado de mortes. Com isso, atinge 4.717 mortes desde o início da pandemia. 

São 225.992 confirmações, sendo 1.295 nas últimas 24 horas. Em isolamento domiciliar encontram-se 14.306 doentes. Recuperados somam 205.751.

Campo Grande, Três Lagoas, Ponta Porã, Paranaíba, Mundo Novo, Dourados, Bonito, Bela Vista, Paranaíba, Fátima do Sul, Maracaju, Deodápolis, Miranda, Sidrolândia, Ivinhema, São Gabriel do Oeste, Naviraí, Cassilândia e Corumbá são as cidades que registram mortes no Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) desta quinta-feira (8).

Em apenas um dia, Campo Grande registrou 363 novos casos; Três Lagoas 173; Dourados 95; Corumbá 66; Paranaíba 48; Naviraí 38; Maracaju 30; Ponta Porã 29; entre outros municípios.

São 1.218 pessoas internadas, sendo 689 em leitos clínicos (420 público; 269 privado) e 529 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (373 público; 156 privado).

País já tem 13.193.205 brasileiros infectados e 340.776 óbitos. Em um dia, foram registrados 92.625 diagnósticos positivos e 3.829 mortes. Os dados são do Ministério da Saúde.


Fonte: Correio do Estado