Segunda-Feira, 10 de Maio de 2021

Bolsonaro veta R$ 175 milhões em emendas para o Estado


Dos R$ 11,9 bilhões nas emendas vetadas pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada, R$ 175 milhões tinham como destino Mato Grosso do Sul
Presidente Jair Bolsonaro. Marcelo Camargo/Agência Brasil

O veto de R$ 11,9 bilhões nas emendas parlamentares ao Orçamento da União deste ano pelo presidente Jair Bolsonaro vai retirar R$ 175 milhões em investimentos federais de Mato Grosso do Sul. 

Serão afetadas obras nas rodovias Sul-Fronteira (MS-165), BRs 267 e 419, os municípios de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas e Corumbá, bem como as áreas de saúde, segurança pública e educação.

A lista das obras e ações e seus respectivos valores foram publicados ontem no Diário Oficial da União, nos Despachos 155 e 156 da Presidência da República, nos quais comunicam o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional sobre os vetos parciais à peça orçamentária, alegando que foram realizados porque os investimentos previstos contrariam o interesse público.

Os vetos ocorreram porque as projeções do Ministério da Economia indicavam a necessidade de uma recomposição de R$ 29 bilhões e, com isso, foi necessário abrir um espaço no Orçamento. Essa recomposição  de R$ 29 bilhões e, com isso, foi necessário abrir um espaço no Orçamento. Essa recomposição foi feita em acordo com o Congresso Nacional e com o relator do Orçamento, senador Márcio Bittar (MDB-AC),  por meio de um veto parcial de R$ 19,8 bilhões de dotações orçamentárias e o bloqueio adicional de R$ 9 bilhões.


Fonte: Correio do Estado