Sábado, 12 de Junho de 2021

Confira como fica o calendário com antecipação da 2ª parcela


Datas para cadastrados no Bolsa Família permanecem as mesmas, informou Caixa
Foto: Divulgação

O governo anunciou a antecipação do calendário de crédito e de saques da segunda parcela do Auxílio Emergencial para as pessoas inscritas nos meios digitais e no Cadastro Único. Para beneficiários do Bolsa Família não houve alteração.

Conforme o Correio Braziliense, a medida foi oficializada por meio da Portaria nº 630, publicada no Diário Oficial da União e assinada pelo ministro da Cidadania, João Roma. A antecipação da parcela permitirá que 29 milhões de famílias tenham acesso mais cedo ao benefício.

Para os aniversariantes de janeiro, porém, o repasse do dinheiro para as contas digitais permanece em 16 de maio. As mudanças começam para os aniversariantes de fevereiro, que, pelo calendário anterior, passariam a receber o depósito no próximo dia 19. Com a antecipação, serão beneficiados já no dia 18.

Os aniversariantes do final do ano terão uma mudança maior. Quem faz aniversário em novembro, e deveria receber o dinheiro na conta em 13 de junho, agora receberá em 28 de maio. Os nascidos em dezembro seriam beneficiados em 16 de junho; com a atualização, a data foi antecipada para 30 de maio.

“O governo federal tem estudado cotidianamente formas de abreviar o calendário do auxílio emergencial, dentro de uma responsabilidade com a logística de pagamentos e sempre evitando aglomerações, para que a população tenha acesso a esses recursos com a maior celeridade possível. Essa segunda antecipação é mais um retrato de um olhar humano para as necessidades da nossa população”, disse o ministro, por meio de nota.

A mudança vale para a segunda parcela do auxílio emergencial e, segundo a Caixa Econômica Federal, o segundo ciclo, antes previsto para terminar em 8 de julho, será encerrado em 17 de junho. “Com o que aprendemos no ano passado, somado ao que estamos vivenciando neste momento, temos a certeza de que podemos fazer essa antecipação com segurança, respeitando todos os protocolos de enfrentamento da covid-19”, explicou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Saques

A alteração do calendário também mudou a data dos saques em dinheiro das contas digitais. Para os nascidos em janeiro, a retirada do benefício, anteriormente prevista para 8 de junho, foi antecipada para 31 de maio. Os que nasceram no final do ano terão uma mudança maior. Quem faz aniversário em dezembro, e que devia ter acesso ao saque em 8 de julho, terá o dinheiro disponível a partir de 17 de junho.

Os beneficiários do Bolsa Família permanecem com as datas inalteradas, ou seja, as pessoas cadastradas no programa do governo federal vão receber o auxílio emergencial nas datas previstas no calendário em vigor. A movimentação do benefício pode ser feita pelo aplicativo Caixa Tem e em qualquer lotérica do Brasil. Ainda existe a opção de saque por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Mês de nascimento — Crédito em conta — Saque a partir de
Janeiro — 16/5 — 31/5
Fevereiro — 18/5 — 1/6
Março — 19/5 — 2/6
Abril — 20/5 — 4/6
Maio — 21/5 — 8/6
Junho — 22/5 — 9/6
Julho — 23/5 — 10/6
Agosto — 22/5 — 11/6
Setembro — 26/5 — 14/6
Outubro — 27/5 — 15/6
Novembro — 28/5 — 16/6
Dezembro — 30/5 — 17/6


Fonte: Caixa Econômica Federal