Sábado, 12 de Junho de 2021

Agentes da Defesa Civil do Estado fazem levantamentos no município


Vistorias dos estragos provocados por chuva de granizo resultarão em relatório para elaboração de decreto de situação de emergência
Subtenente Antunes, advogada Maria Paula Alípio, vereador Éderson Dutra, gerente de Obras Jorge de Lúcia, Jhonatan Araújo e o Subtenente Adélcio durante reunião de trabalho Prefeitura de Naviraí. Foto: Roney Minella

Devido ao desastre natural com chuva de granizo registrado na noite do último sábado (29-05), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC/MS) enviou dois de seus agentes a Naviraí. Na tarde desta segunda-feira (31-05), o Subtenente Valter Antunes de Oliveira (Gerente Administrativo) e o Subtenente PM Adélcio Santos da Silva iniciaram os trabalhos com reunião no Paço Municipal.

O gerente Jorge Luiz de Lúcia (Obras), o vereador Éderson Dutra (Presidente do Legislativo), o servidor Jhonatan Manoel da Silva Araújo (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil) e a procuradora Maria Paula Alípio (Geral Adjunta) apresentaram, aos agentes da Defesa Civil Estadual, um apanhado geral dos estragos provocados pela chuva de granizo que castigou Naviraí.

Em relato, Jorge de Lúcia apontou que mais de 90 árvores caíram devido aos fortes ventos e mais de 500 casas tiveram os telhados danificados pelo granizo. “Estamos retirando o rescaldo do temporal e, ao mesmo tempo, a Defesa Civil e a Assistência Social já estão fazendo os atendimentos emergenciais, mas, o estrago foi grande”, informou o gerente de Obras.

Os subtenentes Antunes e Adélcio permanecem em Naviraí colhendo dados, fazendo levantamentos, vistoriando áreas afetadas e anotando os problemas de maior impacto. O relatório final servirá de documento para consubstanciar decreto de situação de emergência de Naviraí por parte do Governo do Estado.

“Estamos decretando a situação de emergência no Município considerando a anormalidade provocada pelas intempéries. Solicitamos o apoio da Defesa Civil do Estado. Prontamente fomos atendidos pelo governador Reinaldo Azambuja que designou uma equipe para instrumentalizar a elaboração do decreto estadual de situação de emergência. Nosso objetivo é garantir o socorro às famílias impactadas pelo temporal”, afirma a prefeita Rhaiza Matos.


Fonte: Assessoria de Comunicação