Sábado, 12 de Junho de 2021

Naviraí e outras 42 cidades entram na bandeira cinza, de grau extremo da Covid-19


Toque de recolher deve começar às 20h e apenas atividades essenciais podem funcionar na maioria dos munícipios
Foto: Ilustrativa

Naviraí, Campo Grande, Dourados e mais 40 municípios estão na bandeira cinza do mapa de Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir), o que indica grau de risco extremo para Covid-19.

Com isso, a recomendação é que o toque de recolher seja às 20h e que apenas atividades extremamente essenciais funcionem. As medidas restritivas valem a partir desta sexta-feira (11) e vão até 24 de junho.

O mapa do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir) atualizado nesta quinta-feira (10) traz a pior classificação de risco desde o início da pandemia em Mato Grosso do Sul.

São 29 municípios na bandeira vermelha, o que representa grau de risco alto para Covid-19 e sete na laranja, o que indica grau de risco médio. 

Nessa faixa, o toque de recolher deve ser às 21h e 22h, respectivamente. Não há nenhum município na bandeira verde ou amarela. 

Falta de leitos; transferência de pacientes para outros Estados; recorde de casos confirmados em 24 horas; alta de internações, óbitos, taxa de contágio, média móvel de mortes e de casos favorecem o cenário caótico em Mato Grosso do Sul.

O governo do estado de Mato Grosso do Sul publicou o Decreto nº 15.693, de 9 de junho de 2021, que regulamenta que os 79 municípios de Mato Grosso do Sul adotem as recomendações do Prosseguir.

Bandeira vermelha

Representa municípios que estão no grau de risco alto para Covid-19. 

Esta faixa suspende aulas presenciais, fecha parques públicos, obriga o distanciamento social e uso de máscara em locais públicos.

Também recomenda toque de recolher das 21h às 5h e propõe velório de pessoas NÃO Covid de até 1 hora, com limite máximo de 10 pessoas. Pessoas que morreram de Covid-19 não devem ter velório e seu enterro deve ser imediato. 

Também sugere a ampliação de leitos UTI em hospitais, contratação de leitos extras em hospitais particulares e ampliação da quantidade de remédios em unidades de saúde.

As cidades que estão nessa faixa são:

  • Mundo Novo
  • Eldorado
  • Tacuru
  • Aral Moreira
  • Laguna Carapã
  • Douradina
  • Vicentina
  • Guia Lopes da Laguna
  • Nioaque
  • Anaurilândia
  • Nova Andradina
  • Angélica 
  • Ribas do Rio Pardo
  • Santa Rita do Pardo
  • Bandeirantes
  • Jaraguari
  • Rochedo
  • Corguinho
  • Aquidauana
  • Dois Irmãos do Buriti
  • Ladário
  • Rio Verde de Mato Grosso
  • Coxim
  • Pedro Gomes 
  • Sonora
  • Figueirão
  • Cassilândia
  • Inocência
  • Paranaíba 

Bandeira cinza

Representa municípios que estão no grau de risco extremo para Covid-19. 

Esta faixa suspende aulas presenciais; fecha parques públicos; obriga o distanciamento social e uso de máscara em locais públicos.

Também recomenda toque de recolher das 20h às 5h. Pessoas que morreram de Covid-19 ou de outra causa não devem ter velório e seu enterro deve ser imediato. 

Também sugere a ampliação de leitos UTI em hospitais, contratação de leitos extras em hospitais particulares e ampliação da quantidade de remédios em unidades de saúde.

Os municípios que estão nessa faixa são:

  • Corumbá
  • Porto Murtinho
  • Miranda
  • Bodoquena
  • Bonito
  • Jardim
  • Bela Vista
  • Antônio João
  • Ponta Porã
  • Maracaju
  • Itaporã
  • Sete Quedas
  • Japorã
  • Coronel Sapucaia
  • Amambaí
  • Itaquiraí
  • Iguatemi
  • Naviraí
  • Juti
  • Caarapó
  • Dourados
  • Itaporã
  • Rio Brilhante
  • Deodápolis
  • Maracaju
  • Sidrolândia
  • Nova Alvorada do Sul
  • Campo Grande
  • Jaraguari
  • Bataguassu
  • Brasilândia
  • Três Lagoas
  • Selvíria
  • Aparecida do Taboado
  • Água Clara
  • Alcinópolis
  • Chapadão do Sul
  • Costa Rica
  • São Gabriel do Oeste
  • Camapuã
  • Terenos 
  • Novo Horizonte do Sul
  • Ivinhema


Fonte: Redação