Sábado, 24 de Julho de 2021

Presidente do Haiti é assassinado a tiros em casa


Moise vinha enfrentando protestos ferozes desde que assumiu a presidência em 2017 - Imagem: Valerie Baeriswyl/AFP

O presidente do Haiti, Jovenel Moise, de 53 anos, foi assassinado a tiros nesta quarta-feira (7) em um ataque a sua residência, anunciou o primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph.

"O presidente foi morto em sua casa por estrangeiros que falavam inglês e espanhol. Eles atacaram a residência do presidente da República", declarou Joseph.

A esposa de Moise, Martine Moise, ficou ferida no ataque e foi hospitalizada, disse Joseph, que pediu calma à população e garantiu que a polícia e o Exército estão encarregados de manter a ordem.

O primeiro-ministro condenou o que chamou de "ato odioso, desumano e bárbaro", acrescentando que a Polícia Nacional do Haiti e outras autoridades tinham a situação no país caribenho sob controle. 

"Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do estado e proteger a nação", disse Joseph. Tiros foram ouvidos em toda a capital. 


Fonte: Midiamax