Sábado, 24 de Julho de 2021

Com 59% de ocupação em UTI, MS tem menor média de casos dos últimos 8 meses


Última vez que o Estado registrou menos de 626,9 casos por dia foi em 20 de novembro do ano passado
Foto: Ilustrativa

Há exatos 242 dias, Mato Grosso do Sul não registrava média semanal de casos de covid-19 tão baixa quanto a que foi verificada nesta quarta-feira (21) em boletim epidemiológico publicado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde).

Em 20 de novembro de 2020, há oito meses atrás, o Estado confirmava cerca de 582 infecções por dia. Hoje, considerando os últimos sete dias, a média móvel é de 626,9 novos pacientes de coronavírus diariamente.

O documento também indica que há 59% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) vinculados ao SUS (Sistema Único de Saúde) ocupados em todo território sul-mato-grossense por pacientes com ou sem a covid. Vale lembrar que, por conta do processo de regulação de pacientes, dados das centrais de regulação indicam que 30 campo-grandenses, além de uma pessoa de Dourados, Alcinópolis e Itaquiraí têm sintomas graves da doença e ainda aguardam serem destinados para um hospital.

"Há vagas em todos os municípios do Estado", garante o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. Ele também menciona que Ponta Porã possui cerca de 20 leitos de UTI, que podem ser destinados a pacientes da Capital, que possui média de 80% na ocupação.

Mesmo com a melhor nos índices gerais da pandemia, alguns cuidados ainda são necessários. Para além da vacinação, que visa reduzir casos mais preocupantes como internação e óbito, é necessário continuar evitando aglomerações, utilizando máscaras adequadas e higienizando as mãos corretamente.

A preocupação se dá pela possibilidade, ainda alta, em ser infectado com o vírus, podendo gerar novas variantes. "Todos os estados que fazem fronteira com Mato Grosso do Sul já têm presença da variante delta, como São Paulo, que ela está em contaminação comunitária. Há muito presente em São Paulo, em Goiás e no Paraná", alertou Resende, em coletiva nesta manhã.

Desde o início da pandemia, foram 349,7 mil casos confirmados de coronavírus, dos quais maior parte (332,4 mil) se recuperaram e 8.749 foram a óbito. O restante encontra-se ainda com o vírus ativo seja em quarentena ou internados. MS também imunizou com duas doses ou dose única cerca de 39,8% de sua população adulta. 


Fonte: Campo Grande News