Terca-Feira, 21 de Setembro de 2021

Brasil tem melhor desempenho em uma primeira semana olímpica desde 92


Japão 2021: Por enquanto, Time Brasil tem sete medalhas ganhas e outra já garantida no boxe
Mayra Aguiar no pódio dos Jogos de Londres 2012 (Foto: Getty Images)

Nesta sexta (30), faz uma semana que as Olimpiadas de Tóquio estão rolando. E, comparando com as sete edições anteriores dos Jogos, o Brasil está com seu melhor desempenho no quadro de medalhas no Japão 2021, contando os primeiros sete dias do maior evento esportivo do mundo.

Até aqui, o Time Brasil já faturou sete medalhas  olímpicas - uma de ouro, três de prata e outras três de bronze. Além desses pódios, o Brasil, ao menos, vai subir mais uma vez nele, uma vez que Abner Teixeira já garantiu outra medalha no boxe com vitória nesta sexta.

Vamos aos números? Abaixo, listamos o desempenho brasileiro na primeira semana das Olimpíadas desde a edição de Barcelona 92.

Barcelona 1992: 0-1-0

A prata ganha por Gustavo Borges, na natação, nos 100 metros livres, foi no dia 28 de julho. Os jogos, naquela ocasião, começaram no dia 25 de julho.

Atlanta 1996: 0-1-4

No dia 20 de julho de 1996, nos Jogos de Atlanta, Gustavo Borges ganhou uma medalha de prata na prova dos 200 metros livres. Um dia depois, Aurélio Miguel faturou o bronze no judô, na categoria meio-pesado. Passadas mais 24 horas, o nadador Gustavo Borges colocou no peito mais uma medalha, desta vez de bronze, nos 100 metros livres.

O bronze ganho por Henrique Guimarães no judô na categoria meio-leve, foi no dia 25 de julho. Já o terceiro lugar de Fernando Scherer na natação, nos 50 metros livres, também foi no dia 25. Os jogos, naquele ano, começaram no dia 19 de julho.

Sydney 2000: 0-2-1

No dia 18 de setembro, Tiago Camilo, do judô, levou a medalha de prata, na categoria leve. Na mesma modalidade só que na categoria médio, Carlos Honorato também faturou o segundo lugar do pódio, dois dias depois. Já o time brasileiro no revezamento 4 x 100 metros livres na natação ganhou o bronze no dia 16 de setembro.

As Olimpíadas de Sydney começaram no dia 15 de setembro.

Atenas 2004: 0-0-2

O bronze ganho por Leandro Guilheiro, do judô, na categoria leve, foi no dia 16 de agosto. No dia seguinte, e na mesma modalidade, Flávio Canto, faturou uma medalha da mesma cor, na categoria meio-médio. Os jogos começaram no dia 13 de agosto.

Pequim 2008: 0-0-4

Na China, Leandro Guilheiro, na categoria leve do judô, faturou o bronze em 11 de agosto. No mesmo dia e na mesma modalidade, Ketleyn Quadros, também conquistou o terceiro lugar na categoria leve.

Ainda no judô, Tiago Camilo, venceu também um bronze na categoria meio-médio, no dia 12 de agosto. Dois dias depois, agora na natação, César Cielo conquistou, também, um terceiro lugar nos 100 metros livres. Os jogos começaram no dia 8 de agosto. 

Londres 2012: 1-1-4

O ouro foi conquistado por Sarah Menezes no judô, na categoria ligeiro, no dia 28 de julho. No mesmo dia, Thiago Pereira faturou a prata na natação, nos 400 metros medley. Ainda nessa data, Felipe Kitadai, do judô, colocou a medalha de bronze no peito, na categoria ligeiro. 

Continuando no tatame, Mayra Aguiar conquistou o terceiro lugar, na categoria meio-pesado, no dia 2 de agosto. Ainda no judô, mas no dia seguinte, Rafael Silva, o Baby, levou a medalha de bronze na categoria pesado. 

Partindo para as piscinas, César Cielo, da natação, colocou a medalha de bronze no peito pelo terceiro lugar nos 50 metros livres - também no dia 3 de agosto. Os jogos começaram no dia 27 de julho.

 

Rio de Janeiro 2016: 1-1-2

Nas Olimpíadas Rio 2016, Rafaela Silva, do judô, ganhou a medalha de ouro, no dia 8 de agosto, na categoria leve. Também na primeira semana, Felipe Wu levou a prata no tiro esportivo.

No judô, Mayra Aguiar ganhou a medalha de bronze, na categoria meio-pesado, no dia 11 de agosto. No dia seguinte, também no tatame, Rafael Silva, o Baby, conquistou o terceiro lugar na categoria pesado. Os jogos começaram no dia 5 de agosto.

Tóquio 2020: 1-3-3*

Na atual edição, até aqui, Kelvin Hoefler, com a prata, ganhou a primeira medalha brasileira em Tóquio no skate street. No dia seguinte, Rayssa Leal,  na mesma modalidade e categoria, também conquistou o segundo lugar do pódio.

Na última terça (27), Italo Ferreira fez história ao se consagrar como primeiro campeão olímpico do surfe - e levar a medalha de ouro para Baía Formosa, sua cidade natal. Ainda nesta primeira semana, Daniel Cargnin, no judô, ganhou o bronze na categoria meio-leve, e Fernando Scheffer, na natação, conquistou o terceiro lugar dos 200 metros livres.

Para fechar, Mayra Aguiar, na última quarta (29), brilhou no tatame japonês e conquistou o bronze na categoria meio-pesado. E Rebeca Andrade, da ginástica artística, ganhou a prata, e se tornou a primeira brasileira a conquistar uma medalha na modalidade feminina.

*Como dissemos acima, o Brasil tem outra medalha garantida no boxe com Abner Teixeira, que vai, ainda, disputar as semifinais da categoria pesada

 


Fonte: Globo esporte