Terca-Feira, 21 de Setembro de 2021

Famílias deverão receber base de projeto habitacional do governo do Estado


Foto: Divulgação

A diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez, conversou recentemente com o prefeito de Itaquiraí, Thalles Tomazelli, sobre os serviços habitacionais que já estão em andamento no município. No encontro também foi discutido a situação da regularização fundiária exercida na região.

O município, que já vem recebendo importantes investimentos na área desde a primeira gestão de Reinaldo Azambuja (2015 – 2018), está prestes a entregar 55 bases de unidades habitacionais para famílias participantes do Projeto Lote Urbanizado. O secretário municipal de finanças, Edilson Pereira, que acompanhava o prefeito, recebeu os contratos a fim de recolher as assinaturas e de garantir ao beneficiário o início da obra.

O recurso estadual é de R$ 1.647.195,42, sendo R$ 499.298,67 destinado as bases e R$ 1.147.896,75 para o material de construção. As moradias a serem erguidas integram ao Loteamento Jardim Betel.

Segundo a Gerência de Projetos Urbanos (GPU), no âmbito do Programa de Regularização Fundiária, autarquia e prefeitura iniciarão os trabalhos para colocar em dia 28 imóveis do antigo Programa de Urbanização, Regularização e Integração de Assentamentos Precários dos bairros Nova Esperança I e II. Outras 71 moradias do município estão sendo analisadas.

O presidente da Câmara Municipal de Itaquiraí, Jefferson Lopes, e a servidora da Agehab, Telma Nogueira, estivaram presentes na reunião.


Fonte: Davi Nunes Souza, Agehab