Terca-Feira, 07 de Dezembro de 2021

Governo desobriga uso de máscara, mas continua recomendando a utilização do equipamento


O decreto com a nova medida ainda será publicado, mas secretário adiantou que agora o uso de máscaras é apenas recomendado
Ilustração

Governo de Mato Grosso do Sul anunciou na manhã desta quarta-feira (3) que o uso de máscaras não é mais obrigatório no Estado, mas que continua "recomendando fortemente" a utilização do equipamento em locais fechados e com aglomeração.

O secretário estadual e presidente do comitê operacional do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir), Eduardo Riedel, anunciou a nova medida em coletiva de imprensa. 

"Vim reafirmar a retirada da obrigação de máscaras em lugares sem aglomeração e abertas, nos não temos mais essa obrigação. Nos locais fechados, nós recomendamos fortemente que as máscaras sejam usadas", disse.

Dessa forma, o uso tanto em locais abertos, quanto fechados, não é mais obrigatório. O decreto citado por Riedel é de 2020, o de nº 15.456, que determinou regras para utilização do equipamento.

Contudo, a mudança se dará em relação à obrigatoriedade, que passará apenas a ser uma recomendação. A publicação detalhando a decisão deve ser divulgado em breve.

De acordo com Riedel, o avanço da vacinação, que já alcançou mais da metade da população do Estado, foi o principal indicador levado em consideração pela equipe técnica do Prosseguir.

O uso da máscara era obrigatório em shoppings, restaurantes, comércio e demais lugares fechados desde 22 junho de 2020.

Durante live do coronavírus de hoje, a secretária adjunta Crhistinne Maymone recomendou que a população não "abra mão de medidas de bom-senso".

"Então, não se esquecer que o vírus continua circulando e eu tenho que saber sim em quais situações estou me colocando a risco e tomar a melhor decisão de não se colocar em risco", disse.


Fonte: Correio do Estado