Terca-Feira, 07 de Dezembro de 2021

Taxa de contágio da Covid-19 permanece em queda e cai para 0,83 em Mato Grosso do Sul


A cada 100 pessoas contaminadas, 83 serão infectadas no dia seguinte
Ilustração

Dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) revelam que a taxa de contágio da Covid-19 está em 0,83 nesta quarta-feira (17) em Mato Grosso do Sul.

Isto significa que 100 contaminados pela Covid-19 transmitem a doença para outras 83 pessoas no dia seguinte. 

O número é 27% menor em relação a junho, época em que houve transferência de pacientes para outros estados devido à falta de vagas, desabastecimento de medicamentos em hospitais e fila para enterrar pessoas em cemitérios. 

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, afirma que é preciso que a taxa de contágio esteja em menos de 1% para haver sucesso no enfrentamento à pandemia.

Últimas notícias 

Em recorde, a maior taxa de contágio chegou a bater 1,14 em meados de junho deste ano. A menor taxa de contágio registrada foi de 0,79 em 24 de setembro deste ano.

A campanha de vacinação contra Covid-19 é responsável pela queda no número de casos, mortes, internações, taxa de contágio e letalidade.

Mulheres (52,6%) se infectam mais com o vírus da Covid-19 do que homens (47,4%). Porém, homens (55,7%) morrem mais de Covid-19 do que mulheres (44,3%). 

O Estado contabiliza 9.667 óbitos e 377.683 testes positivos desde o início da pandemia, sendo duas morte e 91 confirmações registradas nos últimos dias.

Os testes positivos registrados são de Campo Grande (49); Dourados (17); Anastácio (9); Sete Quedas (7); Caarapó (3); Naviraí (3); Paranaíba (3); Tacuru (3); Deodápolis (2); entre outros municípios. 

As cidades que apresentaram mortes são Amambaí e Dourados.

Existem 61 pessoas hospitalizadas em Mato Grosso do Sul, sendo 33 em leitos clínicos (26 público; 7 privado) e 28 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (25 público; 3 privado).

A ocupação global de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) na macrorregião de Campo Grande está em 56%, Dourados em 61%, Três Lagoas 40% e Corumbá 30%.

Existem quatro pessoas à espera de um leito em Mato Grosso do Sul. Entre os pacientes que aguardam por uma vaga em hospital, um é da Central de Regulação de Dourados e três da Central de Regulação da Capital.

Vacinomêtro

De acordo com dados do vacinômetro disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), 78,43% da população sul-mato-grossense está vacinada com uma dose e 67,11% imunizada com as duas doses ou dose única.

Das 4.242.198 doses enviadas aos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, 4.151.287 foram aplicadas.

A campanha de vacinação contra Covid-19 começou em 19 de janeiro de 2021 em Mato Grosso do Sul.

O objetivo é vacinar pessoas para conter o número de casos confirmados, óbitos e internações por Covid-19, além de frear a pandemia. 


Fonte: Correio do Estado