Terca-Feira, 07 de Dezembro de 2021

Bitto Pereira vence eleições e será o presidente da OAB-MS a partir de 2022


Advogado superou as candidatas Rachel Magrini e Giselle Marques em disputa na Ordem dos Advogados do BrasilO advogado Bitto Pereira será o presidente da Seccional Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), para o triênio 2022 - 2024. Ele venceu nas urnas as advogadas Rachel Magrini e Giselle Marques. Na parcial mais recente apurada pelo Correio do Estado, ele estava 608 votos a frente da segunda colocada, Rachel Magrini, e não podia mais ser alcançado na apuração dos votos, que ocorreram em Campo Grande e nas 31 subseções da OAB-MS.
Divulgação

O advogado Bitto Pereira será o presidente da Seccional Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), para o triênio 2022 - 2024. Ele venceu nas urnas as advogadas Rachel Magrini e Giselle Marques.  

Na parcial mais recente apurada pelo Correio do Estado, ele estava 608 votos a frente da segunda colocada, Rachel Magrini, e não podia mais ser alcançado na apuração dos votos, que ocorreram em Campo Grande e nas 31 subseções da OAB-MS.  

“Meu sentimento é de gratidão a toda advocacia sul-mato-grossense que acreditou em um projeto de ideias, de propostas, de trabalho coletivo. Nós, sempre conjugamos a vitória no plural, e assim foi. Minha gratidão eterna à advocacia sul-mato-grossense que tão bem nos recebeu, e que soube acreditar em um projeto verdadeiro de ideias, propósitos e propostas. Muito obrigado!”, disse Bitto. 

O resultado confirma as rodadas de pesquisas Ipems/Correio do Estado, que colocaram Bitto a frente na divulgação mais recente, em 3 de novembro. Bitto Pereira é advogado há 22 anos, atualmente ocupa o cargo de Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados da Brasil e é vice-presidente da Escola Superior de Advocacia Nacional (ESA).

A vice-presidente da OAB será a advogada Camila Bastos e, Karmouche, assumirá uma das vagas no Conselho Federal, que também terá Andrea Flores e Ricardo Souza Pereira.  

“Meu objetivo à frente da OAB é manter a instituição sempre presente, próxima das advogadas e advogados. A classe sofreu muito em 2014, quando um grupo se ausentou, abandonou a instituição deixando advogadas e advogados em total desamparo. Este trabalho de reconstrução do apoio à classe foi intenso nos últimos seis anos, e agora vamos continuar mantendo a OAB com suas portas abertas, com uma atuação muito voltada ao que realmente importa, que é o respeito às nossas prerrogativas (direitos) e aos honorários. É isso que traz dignidade a advogadas e advogados”, afirmou Bitto Pereira. 

Mais informações, com o resultado oficial, em breve. 


Fonte: Correio do Estado