Terca-Feira, 18 de Janeiro de 2022

Juiz Eleitoral fala sobre a “Campanha Jovem Eleitor” e prazo para de regularização de título


A campanha destaca que votar é um exercício de cidadania que fortalece a democracia
Portal do MS

 

O Juiz Eleitoral Dr. Eduardo Lacerda Trevisan, realizou na tarde desta segunda-feira (06/12) no plenário do Tribunal do Júri do Fórum Naviraí, uma coletiva de imprensa para divulgar a “Campanha Jovem Eleitor” da Justiça Eleitoral, bem como orientar os demais eleitores quanto aos prazos para poderem exercer o voto nas eleições vindouras.

O juiz explicou que o jovem que irá completar 16 anos até o dia 02/10/2022 (o dia do primeiro turno das Eleições 2022), já pode fazer seu título eleitoral através da internet acessando o “Título Net”. Até o dia 04/05/2022 (180 dias antes das eleições), será possível pedir o primeiro título de eleitor, transferência, alteração de dados do título, mudança de locais de votação.

A campanha destaca que votar é um exercício de cidadania que fortalece a democracia. Segundo a iniciativa do TSE, ao votar, a cidadã e o cidadão podem ajudar a mudar o futuro da cidade, do estado, do país. “Portanto, não permita que outras pessoas decidam por você. Por isso, vote porque você pode, vote porque você quer, vote porque você se importa. Não deixe de emitir sua opinião”, alerta a ação.

Página interativa

O eleitorado jovem a partir de 16 anos de idade conta ainda com uma página no Portal da Justiça Eleitoral totalmente dedicada a esse público, inspirada nos aplicativos de mensagem. A interface traz respostas às perguntas mais frequentes sobre a emissão do título eleitoral feitas por jovens por meio das redes sociais da Corte Eleitoral.

Além de informações sobre a emissão do título, o site também oferece acesso a outros temas relacionados à Justiça Eleitoral. No banner “Eleições”, por exemplo, o jovem pode saber quando ocorrem os pleitos, quem pode votar, qual a diferença entre eleição geral, municipal e suplementar e como é feita a votação.

A página também traz dados sobre a organização de toda a Justiça Eleitoral, com links para as páginas do TSE e dos Tribunais Regionais Eleitorais, bem como disponibiliza acesso ao filme da campanha para o eleitorado jovem.

 


Fonte: Redação/TanamidiaNaviraí